Fotografo: Secom/VG
...
Mais Qualidade de Vida

 
 
 
A secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana de Várzea Grande, apresenta relatório de atividades e serviços realizados neste primeiro semestre de 2019, de limpeza urbana e iluminação pública.
 
Segundo o relatório a limpeza pública, considerado um dos setores que mais utiliza mão de obra, conseguiu manter a meta programada no planejamento estratégico da pasta para os primeiros seis meses do ano em atender 100 bairros com a execução dos serviços.
 
Nem mesmo finalizou o semestre já atingimos a meta fechada de atender 100 comunidades com os serviços de limpeza urbana, que compreende capinagem, roçagem, retirada de entulhos, varrição e poda de árvores, limpeza de meios fios,  sem atrapalhar o cronograma de rotina de trabalho definido para cada região da cidade.
 
“Conseguimos manter a meta, agora vamos focar na segunda etapa que prevê a realização dos serviços em mais 100 bairros do município”, informou o secretário de Serviços Públicos, Breno Gomes, lembrando que além dos bairros a região central e as avenidas estão inseridas em todas as etapas de trabalho, consideradas prioritárias para a pasta.
 
Para o gestor uma das maiores questões que aflige o setor de limpeza pública é com relação aos bolsões de lixo, que geralmente causam transtornos as comunidades, e que exige do poder público um trabalho redobrado.
 
“Em seis meses foram recolhidos em vários bairros de Várzea Grande, dentre eles a região do Cristo Rei, Chapéu do Sol e São Mateus, mais de 135 mil toneladas de entulhos, sendo que a secretaria teve de realizar o trabalho mais de uma vez em cada bairro. Não se faz limpeza pública sem a efetiva participação de todos os moradores, no cumprimento de suas obrigações. É comum pessoas fazerem reformas em suas casas e amontoarem restos de material de construções em locais não apropriados, sendo inviável a coleta desses resíduos pelo caminhão de lixo. O proprietário que fizer obra deve contratar serviço particular de retirada de restos de construção, porém muitos não fazem, ai vai se formando bolsões de lixo, sendo a prática criminosa de despejo de entulhos em áreas verdes, ou até mesmo em terrenos baldios. A solução para este problema exige um esforço conjunto entre a população na conscientização e a Prefeitura Municipal na sua responsabilidade em manter a cidade limpa, promovendo assim bem estar a todos e mais qualidade de vida”, comentou Breno Gomes.
 
No setor de iluminação pública, as equipes da Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana atenderam neste período 66 bairros e em várias regiões da cidade, onde foram implantados mais 30 postes de energia, colocação de 100 braços de postes, 3 mil trocas de lâmpadas, além da implantação 1000 metros de cabos de energia.
 
O setor de Mobilidade Urbana também avançou neste semestre, com a colocação de placas e sinalização viária. Segundo o relatório 18 cruzamentos dentro da região urbana da cidade receberam novas sinalizações, além da manutenção de 21 cruzamentos localizados em vias públicas de bairros como Ipase e região central; 42 placas de sinalizações foram restauradas e 36 placas novas implantadas. Quanto à sinalização horizontal em vias públicas foram executados mais 800 metros em várias comunidades.  
 
“Estamos mantendo o nosso compromisso em dar a cidade de Várzea Grande um novo visual e acima de tudo, segurança com os serviços de iluminação pública e sinalização do trânsito. Já avançamos com a prestação de serviços neste primeiro semestre do ano e muito ainda temos para executar dentro do Plano de Trabalho Anual. O planejamento das atividades a serem executadas neste segundo semestre já foi definido e já estamos em campo no cumprimento de nossas metas estabelecidas e entregar a população serviços de qualidade.”, assegurou o secretário Breno Gomes.