Fotografo: DA REDAÇÃO
...
Pai gravou video ao lado do filho e postou no instagram

 
 
 
Um estudante de 15 anos do Colégio Coração de Jesus postou várias fotos com uma arma em punho, na sua conta pessoal no Instagram, com mensagens ameaçadoras. 
 
 
 
As postagens levaram medo e preocupação a pais e estudantes, ainda assustados com o massacre ocorrido em uma escola em Suzano (SP), há pouco mais de um mês.
 
 
 
Um dos posts mostra o aluno com uma arma na mão, rosto vendado, e a legenda: "Segunda-feira tem aula, hein". Em outra postagem, ele empunha uma arma com uma mira a laser. "Quando você ver essa luz, corra", diz.
 
 
 
Após tomar conhecimento do episódio, o pai do menor gravou um vídeo e postou na rede social, ao lado do filho, onde pede desculpas e diz que o estudante cometeu uma "brincadeira de mau gosto".
 
 
 
O homem ainda afirma que a arma que o adolescente mostra nas fotos é de airsoft, usada para recreação.
 
 
 
“Eu sou o pai do A. Também fiquei preocupado com essas postagens, eu não tinha visto. Mas eu quero tranquilizá-los. O A. trata-se de um menino muito bom, de família. Ele errou, já chamamos a atenção dele. Ele utilizou essa arma, que é minha. É uma arma de airsofit ponteira laranja, é uma arma permitida”, disse.
 
 
 
"Existem grupos para brincar de airsofit, são bolinhas. Eu comprei colete, balaclava, tudo para ele poder se proteger e brincar com segurança com esse equipamento. Ele resolveu fazer uma brincadeira de mau gosto. Trata-se de uma brincadeira de mau gosto”, disse.