Fotografo: Secom/VG
...
Secom/VG

Com o início do ano letivo, as atividades do programa ‘Escola em Tempo Ampliado’ (ETA), nas unidades da rede municipal de Ensino de Várzea Grande, também estão sendo retomadas.  Este ano, a Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer ampliou de 17 para 22 o número de escolas participantes, beneficiando mais 380 alunos que serão atendidos pelo Programa idealizado e implementado em 2015 por iniciativa da prefeita Lucimar Sacre de Campos. Totalizando  1.736 alunos incluídos no programa que é mantido por recursos municipais.

Através do Programa ETA, a Secretaria de Educação tem alcançado resultados positivos nas ações pedagógicas, culturais, de inserção social, provocando mudanças no perfil dos estudantes, até na forma com que muitos alunos encaram o ambiente escolar, familiar e a comunidade onde vivem.

O secretário Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de Várzea Grande, Silvio Fidélis, ressalta que o programa é uma busca da melhoria no desempenho dos estudos, na utilização do tempo ocioso e o aproveitamento desse tempo para afastar o aluno de atividades que o levem a problemas de risco social,no contato com atividades de lazer, esporte e cultura, além da melhoria no relacionamento familiar e no desenvolvimento de sua autonomia estão entre os benefícios comprovados pela permanência do aluno na escola, como consta nos relatos de alunos, pais de alunos, professores, coordenadores e gestores das unidades escolares onde o projeto foi implantado.

“Precisamos avançar nos resultados e isso é uma tarefa de todos, no dia-a-dia na escola, em nossas atividades nas oficinas com os alunos, precisamos de todo o empenho, dinamismo e profissionalismo de cada um para alcançarmos o padrão de excelência nos processos de ensino aprendizagem que tanto almejamos”,explicou o secretário.

Silvo disse ainda que o projeto foi ampliado e reforçado para o ano letivo de 2020. E reforçou o empenha da gestão em oferecer uma educação cada vez mais ampliada e de qualidade para as crianças de Várzea Grande.

A articuladora do projeto na Escola Municipal Honorato Pedroso de Barros, Marcia Conceição Coelho, explica que os alunos dão entrada no ensino regular às 7h, onde permanecem até às 11h. “Esses Possuem o espaço direcionado especialmente para eles dentro da escola, recebem o almoço e em seguida levados para o descanso. Às 13h começam a serem ministradas as oficinas. Todos os dias são oferecidas cinco disciplinas diferentes com uma rotatividade entre os alunos”, explica a articuladora.  

Entre as oficinas estão, aulas de reforço escolar, letramento, oficinas de artesanato, informática, raciocínio lógico, dança, teatro e música, além das atividades esportivas, culturais e de manuseio com a terra, na criação e manutenção das hortas escolares. Todo o trabalho é promovido em constante avaliação do corpo técnico, composto por profissionais da Secretaria de Educação, destacado para o acompanhamento sistemático do Programa ETA nas escolas onde ele é desenvolvido. 

Ana Paula Gonçalves da Silva, mãe de Mikaelly Gonçalves da Silva de 9 anos, que cursa o 4º ano na escola Honorato Pedroso, está comemorando a participação da filha no projeto. “Além de saber que ela participará de várias atividades, possibilidade de interação com as outras crianças, a tarefa de casa será feita ainda na escola. Isso vai me ajudar muito, porque eu trabalho durante todo o dia, e fazíamos as tarefas no período da noite, o que ficava cansativo pra ela e para nós.Fora que ela permanecer na escola aumenta as chances de aprender mais”.  

A diretora da escola Honorato Pedroso de Barros , Marilene Silva, deixou claro em seu depoimento, a satisfação em estar junto com a escola desenvolvendo o projeto. “Quando o projeto chegou na escola a gente se assustou um pouco, devido ao grande desafio que estava começando.  Hoje o projeto é visto como um presente para nós, para os pais e para as crianças que adoram e participam ativamente das oficinas. Ano passado estávamos com 60 alunos inclusos no projeto, esse ano esse número aumentou para 80 e a expectativa é que esse número aumente ainda mais.Observamos melhor desempenho escolar, maior concentração e satisfação nos alunos do projeto”.

Desde sua implantação na rede municipal de Várzea Grande, o Programa Escola em Tempo Ampliado – ETA já atende mais de 1.700 alunos e em 2020 passa a atender também as EMEB’s “Eunice Cesar de Mello”, “Professora Rita Auxiliadora Campos Cunha”, “Mario Antunes Almeida”, “Alino Ferreira de Magalhães” e “Joaquim da Cruz Coelho”.